Recent Posts

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Grávida! :O

Na maioria das vezes, as adolescentes caem como patinhos na lábia dos namorados. Eles sempre usam aqueles mesmos argumentos baratos (mas que, por algum motivo continuam funcionando u_u) como "eu te amo", "se vc me ama, prove" ou "vc não confia em mim??:( " e facilmente conseguem o que querem, já que a maioria das meninas de hj em dia que passa o dia lendo aquelas revistas adolescentes se ilude a ponto de confiar 100% neles, e achar que o que os dois sentem é um profundo e verdadeiro amor.

No final feliz do romance, novidade: eles tiram o time de campo e sobra tudo para elas. Ou para os pais delas. A não ser em caso de DSTs, que podem atingir ambas as partes, a menina é a única que corre o risco de pagar pelo erro durante a vida toda ficando grávida, sendo descartada como copinho de plástico por aquele que 5 min atrás estava jurando amor eterno, tendo muitas vezes que interromper os estudos para se dedicar ao filho (e quando isso não acontece, adivinha quem fica com pena da filhinha e acaba assumindo a tarefa de cuidar do bebê?) e, lógico, ficando com um pequeno trauma cujas consequências mudarão sua vida completamente, sem volta. Quero dizer, partindo do pressuposto que ela vai ser complacente o suficiente para não fazer um aborto, é claro.


Bom, pra resumir meu pensamento: a não ser em casos de exceção como estupro ou situações de alto risco, todas têm, sim, capacidade e direito de escolha.


Mas acabam escolhendo errado.


Ou deixando essa tarefa para os hormônios mesmo.








dassa~ ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário