Recent Posts

domingo, 22 de maio de 2011

"Alcool, drogas e pegação". uhúúú.

            
               É isso aí, galera. Não interessa quem vc é, o que vc faz, o índice do seu QI ou no que vc acredita. Vc só vai ser 'cool' e a gente só vai te deixar entrar no nosso grupinho se vc estiver bêbado, estiver doidão ou for galinha. O que me emociona mesmo, o que eu acho realmente lindo é a dedicação dessas pessoas em conseguir construir uma amizade sólida como essa. Vc renega tooodaaa a sua vontade própria, toda a sua personalidade e toda a sua noção de vida pra agradar esses imbecis que são legais pq alguém disse que são.
                Alguém inventou que encher a cara é o único jeito de se divertir numa festa. Alguém inventou que aquelas acéfalas de minissaia e salto alto, que são chamadas de outras coisas pelas costas, merecem todo esse esforço. E se vc não tiver no seu orkut um monte de fotos com garotas de chapinha no cabelo, blush na cara e latinha de cerva na mão, vc não é 'cool'. E eles não vão querer tomar chazinho com vc. =(
                Ou então, vc fica sabendo que tem alguém na sua roda de amizades que tá entrando na onda da droga, seja pra ficar alucinado ou seja pra ficar bombado. Vc sempre leu todos os folhetos falando como usar drogas faz mal. E é 'feio' fazer isso. Mas nada disso importa, se o seu grupinho começar a usar também. Vc se anula totalmente pq sabe q sua família não liga pra vc e com crtz esses são seus amigos, que te levam pra popularidade e que vão estar sempre do seu lado caso algum dia vc venha a ter uma overdose e precise de atendimento médico urgente. Eles só vao servir pra colocar 'LUTO' no nick do msn. kkkkkkk
               E quando vc estiver totalmente viciado, vendendo suas roupas (ou, quem sabe, o carro que papai te deu) pra comprar mais e tentar pagar as dívidas, eles que vão te sustentar e pagar tua internação numa rehab. Pq são eles que realmente se importam com vc e querem seu bem. Mas também, se até vc n se importa em querer virar um ferrado, pq eles se importariam??? Ou seja, todos saem ganhando!
                E a cereja do sorvete, não poderia ser melhor. Caso vc não esteja suficientemente prostituído mentalmente, é hora de partir pra prática. Vc vai numa festa, e a última coisa que vão deixar vc fazer é festejar sua 'liberdade'. Vc tem que entrar numa nóia de "pegar" todo mundo. Os meninos que conseguem isso, ficam com uma fama superlegal, são os pegadores, são moral, são tudoquehá. As meninas também ficam com fama. De que? Humnn...Veja bem... De lindas, de mais bonitas da festa, n é??? Na frente dos caras, pelo menos, é isso que eles dizem. Depois que elas saem, eles chegam a falar em números, em selo de qualidade. kkkk 
                Parece até que a gente está regredindo pra época do casamento arranjado, de tão artificial que são essas 'uniões forçadas em busca do status'... E dá até pra lembrar da infância, quando as amiguinhas ficavam chateadas com vc e te chamavam de 'sua bobaa' se vc dissesse q n queria 'ficar' com um cara do ensino médio que tava atrás de você.
               E se vc não achar graça em dar um beijo em cada um q tá num raio de 10 metros e dizer q pegou geral e q isso te torna O Cara, ou A Gata... Não importa. Vc vai ter que fazer isso do mesmo jeito. Afinal, desde quando vc tem direito a opinião? A menos q vc queira que eles te chamem de chata. E não queiram tomar tequila com vc. =(
                (Já consigo até imaginar os tolinhos de plantão lendo isso e ficando indignados... Aquela galera que só é idiota socialmente. kkkk) O que tá acontecendo é que os jovens tolinhos acham que liberdade é não ter os pais obrigando a fazer as coisas explicitamente todo santo dia. Quando na verdade, eles continuam sendo manipulados o tempo todo, só que implicitamente. ( Ainda vou descobrir uma forma de ganhar dinheiro industrializando isso... hasuhiushaish)  Eles seriam muito mais livres se aprendessem a dizer: não tô a fim. E se vc n vai mais ser ' meu amiguinho'... DANE-SE VC.
                                                   Ahh. Que. Pena. ¬.¬
                                                                                              @LianeDeMedeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário